Tags rádio

Rádio, elemento químico e os milagres radioativos

Rádio, elemento químico e os milagres radioativos

Pierre e Marie Curie

Pierre e Marie Curie

Rádio, o elemento químico foi descoberto pelo casal Pierre e Marie Curie no final do século 19. Devido à ignorância e a crendices sem sentido, foram atribuídas propriedades quase milagrosas ao elemento e deixou no mundo a sensação de que uma nova era havia chegado.

Ainda com pouca pesquisa, o mundo foi tomado por uma série de produtos, cosméticos, tônicos, chás, sais de banho e até chocolates radioativos.
Todos alardeados pelas suas propriedades curativas.

radithor

radithor

Radithor foi um medicamento bem conhecido feito com água destilada três vezes contendo, no mínimo, 1 microcurie (Curie é uma unidade de medida de radioatividade) de Rádio 226 e de seu isótopo 228. Radithor  foi fabricado entre 1918 e 1928 pelo Bailey Radium Laboratories. Foi anunciado como “A luz do Sol perpétua” e dizia-se que curava câncer de estômago, doenças mentais e ajudava a restaurar a energia sexual e a vitalidade.

Eben Byers

Eben Byers

O milionário, atleta e industrial americano, Eben Byers era graduado em Yale, e presidente da Girard Iron Company, após uma contusão no braço no jogo anual de futebol Harvard-Yale, em 1927, tornou-se um ávido consumidor de Radithor, tomando três frascos ao dia por cerca de um ano e meio. Morreu em 31/03/1931 com uma dor torturante de um câncer na mandíbula, seus ossos faciais haviam se desintegrado, traumatizando a sociedade norte-americana, abalando a crença na “terapia suave do rádio” nos Estados Unidos e iniciando a sua proibição.

compressa radioativa

compressa radioativa

Compressa radioativa “Cosmos Radioactive Pad” (1928). Nos anos 1920, foram muito comuns propagandas destas compressas e almofadas radioativas destinadas ao tratamento de artrite, neurite, asma, bronquite, insônia… Produtos que tinham a característica de permitir “que as propriedades curativas do rádio estivessem ao alcance de todos” dado ao seu baixo preço. Alguns fabricantes recomendavam que o produto fosse exposto ao sol por alguns minutos para “ativar suas propriedades terapêuticas”.

Tho Radia cosméticos

Tho Radia cosméticos

Cosméticos – No início da década de 30, na França, a indústria cosmética lançou a marca de cosméticos Tho-Radia. O creme composto por uma base tório e rádio foi um grande sucesso em Paris, prometendo propriedades curativas e embelezadoras. A radioatividade de Tho-Radia era fornecida por 0,5g de cloreto de tório e 0,25mg de brometo de rádio para cada 100g de creme e era anunciado como uma criação do Dr. Alfred Curie, que nada tinha a ver com o casal Curie e que provavelmente nunca existiu.

revigator

revigator

Água radioativa – Jarras de cerâmica radioativas também eram comuns na época. Deixar a água para “radiar” de um dia para o outro era prática corriqueira (adicionar radônio à água potável). O mais bem sucedido dos sistemas para radiar água foi o “Revigator”, fabricado nos Estados Unidos. O folheto dizia: “Os resultados superam as dúvidas.” “Os milhões de raios penetram a água para formar esse saudável elemento que é a radioatividade. No dia seguinte, toda a família dispõe de 6 litros da autêntica e saudável água radioativa”. Um produtor de água mineral radioativa de Nova York afirmava ter 150 mil clientes.

Doramad pasta de dente

Doramad pasta de dente

Creme dental – “Doramad” foi produzido durante a Segunda Guerra Mundial pela, Auergesellschaft de Berlim. Na parte de trás do tubo lia-se: “A radioatividade aumenta as defesas dos dentes e gengivas. As células são carregadas com nova energia vital e os efeitos destrutivos das bactérias são impedidos. Ele lustra cuidadosamente, o esmalte dos seus dentes que são polidos e tornam-se brancos e brilhantes”.

radiendocrinator

radiendocrinator

O “Radioencrinator” foi desenvolvido para ser colocado sobre as glândulas endócrinas e aproveitar os seus benefícios. Num exemplo de uso, os homens eram informados assim: “colocar o aparato abaixo do escroto”.

chocolate radium

chocolate radium

Chocolate – comercializado na Alemanha entre 1931 e 1936. O “Radium” Chocolate era fabricado pela Burk & Braun e divulgado pelos seus “poderes rejuvenescedores”.

supositório vita radium

supositório vita radium

Supositórios – Produzido por uma companhia de Denver, no Colorado (EUA) este supositório garantia aos “homens fracos e debilitados” uma melhora rápida e eficaz, graças aos efeitos do Rádio. “Para garantir a privacidade de seus clientes o fabricante comprometia-se em enviá-lo em embalagem discreta”. ”Prove e sinta os resultados”, diziam os anúncios.

preservativos Radium Nutex

preservativos Radium Nutex

Preservativos – para revigorar sua vida sexual com preservativos “radioativos”.

cigarro NAC

cigarro NAC

Cigarro – placa NAC, assim como o outro modelo NICO clean, é uma placa de metal, do tamanho de um cartão de crédito, com um minério de urânio de baixo grau de um dos lados. Quando colocada em um maço de cigarros, emite íons para reduzir a nicotina, alcatrão e gases nocivos, sem afetar o sabor original do tabaco. Pelo menos é o que o fabricante alegava. E tinham uma patente para apoiá-los, a nicotina nos cigarros seria reduzida em 27% após uma exposição de quatro horas de um cartão, com uma atividade de 150 cpm (contagens por minuto) cm². A patente também descreve que o cigarro pode até gosto mais suave após o tratamento se a pessoa tivesse uma “língua sensível”.

produtos com rádio

produtos com rádio

Por outro lado, o termo “Radium” foi incorporado às marcas de um grande número de produtos, mesmo que estes produtos não tivessem realmente o rádio. A soda atômica “Zoé”, os novelos de “lã Oradium”, talco para bebês “Borate”, para combater a tuberculose “Tuberadine”, para hemorroidas “Supporadol”, para higiene íntima da mulher “Septoradol”, brilhantina “Tho Radia”, pomada oftálmica “Radio Bleu” e os sabonetes “Tho Radia”. Vendiam-se muitos produtos falsos, aproveitando a “febre” do rádio. Os efeitos mutagênicos da radiação, em particular o risco de câncer, foram descobertos em 1927 por Hermann Joseph Muller (1890-1967) e as autoridades da época proibiram o uso e a venda desses produtos, pelo consumo desenfreado ocasionando sérios riscos à saúde.

Pesquisa:
 Tho-Radia. Dictionnaire medical et phatique des soins de beauté. Paris: Author.
 Foster, O. D. (1920). Overcoming high resistance in marketing. Advertising & Selling. June 26, 29-30.
 Hairdresser and beauty trade. (1933). 41, 2. London.
 Madame Claire. (1937). The application of mud packs. Hairdresser and Beauty Trade. X(11). 9.
 Mould, D. Radiation history anecdotes. No 2: The mysterious Dr Alfred Curie.
 Rentetzi, M. (2007). Trafficking Materials and Gendered Experimental Practices.New York: Columbia University Press.
 http://histoireda.unblog.fr/2011/03/25/pouvoir-miraculeux-de-la-radioactivite/

http://mentalfloss.com/article/12732/9-ways-people-used-radium-we-understood-risks


http://atomicsarchives.chez.com/potions_radium.html
Share this:

, , , , ,

Sem Comentarios

Follow

Get every new post delivered to your Inbox

Join other followers