Tags músculos

Reduzir o foco da dor – Bandagem Kinesio Tape

Um estudante e um professor doutor da Youngstown State University de programa de fisioterapia se uniram para estudar um tratamento pouco conhecido que poderia ajudar milhões de pessoas que sofrem de dor lombar crônica, dor articular e dores musculares para reduzir o foco da dor – Bandagem Kinesio Tape. O estudante Daniel Yanek e o professor assistente Weiqing Ge, irão apresentar as conclusões deste estudo sobre as bandagens elásticas na reunião anual da American Physical Therapy Association, em Tampa, na Flórida, em junho de 2012.

Reduzir o foco da dor - Bandagem Kinesio Tape

O estudante Daniel Yanek e o Professor Weiqing Ge da Youngstown State University

A pesquisa faz parte do projeto sênior Yanek, que analisa a eficácia do alívio da dor com o método conhecido como “Kinesio Taping”, introduzido há 33 anos pelo quiroprático japonês Dr. Kenso Kase. A técnica envolve a colocação especial de uma fita de textura elástica sobre uma área do corpo para apoiar e estabilizar os músculos e articulações. O resultado pode ser a redução da dor, um melhor desempenho físico o aumento da circulação e a cura.

Reduzir o foco da dor – Bandagem Kinesio Tape

O método das bandagens elásticas ganhou atenção mundial quando a atleta de vôlei de praia Kerri Walsh, que sofreu uma cirurgia no ombro em 2007, utilizando as bandagens para dar a estabilidade articular e redução da dor no Jogos Olímpicos Pequim 2008.

Reduzir o foco da dor - Bandagem Kinesio Tape

Kerri Walsh – reduzir o foco da dor – Bandagem Kinesio Tape

Weiqing Ge, um médico Chinês graduado do principal instituto de pesquisas da Academia Chinesa de Ciências Médicas, reconheceu que, por enquanto há uma falta de pesquisas científicas sólidas para apoiar as reivindicações do método Kinesio Taping, mas os resultados são impressionantes. “O estudo não está a tentar responder por que ou como ele funciona… Estamos observando para ver se funciona e se a forma de aplicar a fita faz a diferença”, disse ele.

Duas técnicas de bandagem foram utilizadas neste estudo – facilitadoras e inibidoras. O método das bandagens facilitadoras dá apoio e assistência que imita o movimento normal, mantendo a amplitude de movimento, enquanto a técnica de inibição diminui a inflamação e limita a contração muscular hiperativa.

O estudo foi composto por um participante de 43 anos de idade com uma história de dor lombar crônica, um especialista em bandagem Kinesio com certificação para aplicação da bandagem. “A aplicação é bem simples, mas a técnica e a experiência em aplicação são fundamentais” disse Daniel Yanek. “Tudo depende de como você direcionar a força da fita. Vários níveis de estiramento podem ser aplicados à bandagem com técnicas diferentes.”

Participante com uma histórico de dor lombar crônica.

A bandagem foi primeiro aplicada na parte inferior das costas, utilizando as técnicas facilitadoras. A bandagem permaneceu sobre o local de cinco a sete dias e medidas foram tomadas para avaliar a melhoria de sintomas. A técnica de inibição foi testada usando o mesmo procedimento.

Os resultados indicam que ambas as técnicas melhoraram em nível global a participação da função e diminuiu o nível de deficiência. A pesquisa sugere ainda a técnica de inibição parece ser mais eficaz.

Daniel Yanek espera que o estudo atrairá a atenção de pesquisadores e clínicos na conferência nacional em junho, levando a uma maior aceitação da técnica da aplicação das bandagens. “O estudo provou que esta é uma forma não-invasiva para tratar a dor lombar… Eu não estou dizendo que este é o fim da dor lombar, mas pode ajudar”, disse ele.

Daniel Yanek, que se forma em maio, planeja certificar-se em Kinesio Taping e buscar a educação continuada em Terapia Manual. “Eu quero ficar nesta área e trabalho em uma clínica de terapia ambulatorial física”, disse ele. “Eu também quero continuar a trabalhar com a YSU para me tornar um instrutor clínico para os alunos dentro do programa de fisioterapia.” (Robert Merz – Youngtown State University)

 

Share this:

, , , , , , , , , ,

1 Comentario

Câncer de Mama

Em linhas gerais o câncer de mama resulta da multiplicação celular no interior do duto mamário de forma exagerada e desordenada, invadindo os tecidos normais que o cercam comprometendo outros órgãos. Quando as células cancerosas atingem a circulação sanguínea ou linfática torna-se um processo conhecido como metástase.

Câncer de Mama

Estrutura do seio – Câncer de Mama

Causas e sintomas

Em geral o tumor cresce de forma silenciosa, sem sintoma clínico específico associado, principalmente nas fases iniciais, quando as lesões somente são encontradas por meio de métodos diagnósticos, como, por exemplo, as microcalcificações agrupadas que só são visíveis ao exame de mamografia. Este período apresenta a maior chance de cura.

Câncer de Mama

Mamografia – Câncer de Mama

Câncer de Mama

Mamografia – Câncer de Mama

O câncer de mama desencadeia efeitos psicológicos importantes numa mulher por afetar a percepção de sua feminilidade e sexualidade. Embora possa ocorrer em homens, a doença acomete, sobretudo na população feminina acima dos 40 anos e o risco de adquiri-la aumenta com o avanço da idade.

A mamografia é um procedimento importante na detecção precoce do câncer de mama na fase em que é mais fácil de ser tratado e curado. É possível obter muitas informações tanto na versão convencional que utiliza filmes radiográficos, como na digital em que a imagem é obtida através de um computador. A mamografia digital oferece vantagens como a maior velocidade na realização do exame e melhor qualidade de imagem, principalmente quando as mamas estão sobrecarregadas de tecido glandular em sua composição.

A importância do exame – Câncer de Mama

A mamografia é o exame mais eficaz na detecção de tumores da mama na fase inicial de crescimento. Os tumores pequenos, que não são palpáveis na época do diagnóstico, têm chance de cura acima de 95% e são passíveis de tratamentos menos agressivos. A realização de mamografias anuais, a partir dos 40 anos, demonstrou em vários estudos ser capaz de reduzir a taxa de mortalidade entre 25% e 40%. Nesse exame, é pesquisada a presença de lesões muito pequenas, a maior parte das vezes detectada apenas com técnicas especiais de exame, uso de lupa e análise apurada.

No Brasil o câncer de mama é a primeira causa de óbto entre as mulheres. É mais comum em mulheres que vivem em grandes cidades do que na zona rural, a maior incidência é em classes sociais elevadas e existe uma correlação forte com a dieta rica em proteínas e gorduras de origem animal. Ataca mulheres jovens após os 25 anos com a maioria absoluta dos casos concentrando-se entre os 45 e 50 anos período correspondente a pós-menopausa.

O número anual de casos diagnosticados tem chegado a 50 mil, segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA).

Exercicios Reabilitação - Câncer de Mama

Exercicios Reabilitação – Câncer de Mama

Durante a terapia a atuação do fisioterapeuta deve ser iniciada priorizando a prevenção e minimização das complicações, sejam elas linfáticas, posturais, funcionais e respiratórias. Para o controle dos sintomas, as pacientes devem realizar exercícios domiciliares, manobras ativas de relaxamento muscular e auto-massagem no local cirúrgico.

 

 

Share this:

, , ,

Sem Comentarios

Ginástica Laboral

Como implantar um programa de Ginástica Laboral

Os princípios básicos de um programa de ginástica laboral para os interessados em implantá-lo em sua empresa estão divididos em seis tópicos.

1. Análise do Local de Trabalho
2.
Análise Cinésiologica nos Postos de Trabalho
3.
Palestra de Sensibilização
4.
Prescrição dos Exercícios
5.
Avaliar a Implantação da Ginástica Laboral
6.
Apresentação de Relatórios

Ginástica Laboral

Ginástica Laboral

1. A análise do local de trabalho – Deve ser baseada em princípios ergonômicos*.
*Ergonomia: a ciência de projetar o trabalho, os equipamentos e local de trabalho para adequá-lo ao trabalhador.

Estar ergonomicamente correto, para que no final do expediente o trabalhador não tenha dores na coluna cervical ou outros efeitos maléficos que uma postura incorreta originada diante de um  computador. Além disso, a intervenção ergonômica facilita a execução do trabalho adequando o ambiente e objetos ao trabalhador.

Ginástica Laboral

Ginástica Laboral

“Melhor condição de trabalho, maior será a produtividade”

2. A análise cinésiologica* – Nos postos de trabalho avalia quais os músculos são os mais requisitados para execução de cada serviço e os tipos de movimentos, atividade mental, atividade visual que cada posto de trabalho exige. É uma análise de extrema importância, porque ela dará parâmetros para a execução da ginástica laboral. Além de revelar se o trabalhador estará propício a ter L.E.R. (Lesões por Esforços Repetitivos) ou algum outro D.O.R.T. (Distúrbio Osteomuscular Relacionado ao Trabalho).

*Cinesiologia : É a ciência que analisa os movimentos, ela estuda os movimentos do corpo humano. O nome Cinesiologia vem do grego kínesis = movimento + logos = tratado, estudo. A cinesiologia estuda o corpo humano e a sua maneira de movimentar-se.  fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Cinesiologia

“Este serviço foca a redução de afastamentos e absenteísmo”

3. A palestra de sensibilização – Garantirá a participação e engajamento dos trabalhadores no programa de ginástica laboral, esclarecendo as dúvidas, abordando temas relacionados à qualidade de vida no trabalho e orientando-os para hábitos de vida saudáveis.

Ginástica Laboral

Ginástica Laboral

“Um funcionário equilibrado e saudável trará mais benefícios e rendimentos para empresa”

4. A prescrição dos exercícios – Será realizada de acordo com cada posto de trabalho, visando aquecer, fortalecer e compensar as estruturas físicas mais utilizadas no dia a dia do funcionário.

5. A avaliação da implantação da Ginástica Laboral – Será conseguida durante as aulas e servirá de feedback*, reconhecendo possíveis transtornos e limitações o que possibilitará melhorias ao programa de ginástica laboral. * feedback (retorno de informação)

6. A apresentação de resultados – Considerar os pontos fortes e fracos do programa que deverão ser apresentados à empresa que investiu no programa após um período de tempo pré-determinado numa prestação de contas do que foi realizado e servindo de base para sua continuidade.

Exemplos de relatórios:

  • Nível de participação dos funcionários (controle de presença – lista de chamada)
  • Índice de ausências, afastamentos e rotatividade.
  • Nível de atividade física dos funcionários
  • Avaliação da qualidade de vida dos trabalhadores
  • Avaliação da percepção e intensidade de dor
  • Estes relatórios podem variar de acordo com as necessidades da empresa.

fonte: http://charllessq.blogspot.com/2011/01/como-implantar-ginastica-laboral-na.html

mcientifica

Share this:

, , , , , , ,

Sem Comentarios

Boa postura

Ter uma boa postura é essencial para que suas costas, músculos e juntas sempre estejam bem.

Suas costas
Costas saudáveis têm três curvas naturais: uma curva ligeiramente para frente no pescoço (curva cervical), uma curva ligeiramente para trás na parte superior (curva torácica), e uma curva ligeiramente para frente na parte baixa (curva lombar). A boa postura significa realmente manter estas três curvas em de alinhamento equilibrado.
Os músculos fortes e elásticos são também essenciais para uma boa postura. Os músculos abdominais, da bacia e músculos da perna que são fracos e inelásticos podem não suportar as curvas naturais de suas costas.

Suas juntas. A bacia, o joelho, e as juntas do tornozelo equilibram suas curvas naturais da coluna quando você se move, fazendo o possível manter a boa postura em qualquer posição.

Boa postura deitada

Passamos pelo menos de 6 a 8 horas diárias na posição deitada, então, observe na figura abaixo o certo e o errado:

Boa postura

Boa postura

Certo: É correto dormir de abdômen para cima e com o travesseiro na altura que proporcione conforto ao pescoço evitando que ele permaneça elevado e o queixo próximo do peito.

Ao deitar na posição de lado, cuide para que o rosto também permaneça na posição acompanhando o corpo. Algumas pessoas devem colocar um travesseiro entre as pernas para minimizar as dores e desconfortos da coluna. Consulte o seu médico.

Errado: É errado dormir na posição com abdômen para baixo, pois o pescoço precisa permanecer em posição de torção. Evite, também, dormir com o abdômen para cima e com o travesseiro alto, pois eleva a cabeça e proporciona dores na coluna cervical.

Dicas para manter uma boa postura por toda sua vida

  • Concentre-se em manter suas três curvas naturais da coluna cervical em alinhamento equilibrado. Mantenha seu peso baixo; o peso adicional exerce uma tração para frente constante nos músculos das costas e estica e enfraquece os músculos abdominais.
  • Evite permanecer em uma posição por muito tempo; a inatividade causa tensão muscular e fraqueza.
  • Durma em um colchão firme e use um travesseiro grande o bastante para manter a curva cervical normal. Evite o uso de diversos ou de grandes travesseiros.
  • Exercite-se regularmente; o exercício fortalece e torna os músculos mais elásticos que o mantêm ereto e em uma postura apropriada.
  • Comece a praticar, comece seu programa para uma postura perfeita hoje. Se você tiver dificuldades procure um profissional da área, um Fisioterapeuta.

mcientifica

Share this:

, , , , , , , , , ,

Sem Comentarios

Pilates com bola

Pilates com bola

Exercícios de Pilates com bola

A aula de Pilates com bola controla picos de ansiedade e depressão ocasionados pelo estresse do dia a dia. Mais do que um exercício físico é um exercício mental, que tem como objetivo trabalhar a mente associada ao corpo e trazer benefícios para a postura, trabalha uma notável melhora no equilíbrio e coordenação motora, além da satisfação e diversão proporcionadas pela prática dos exercícios.

Os benefícios do Pilates com bola, associados aos exercícios com bola, tornam a aula ainda mais divertida e os resultados são rápidos e aparentes porque tonifica e define músculos, melhora a flexibilidade e harmoniza as formas do corpo.

Os exercícios do Pilates com bola fazem com que a aula seja praticada por pessoas de diferentes níveis de condicionamento, as que se recuperam de lesões como também as que estejam em plena forma. No Pilates com bola, trabalham-se as camadas mais profundas da musculatura de maneira muito eficaz, os exercícios são apresentados de forma bem simples, deixando de usar as séries com repetições. Os movimentos são contínuos e o grau de dificuldade é gradativo. Todos esses exercícios requerem muita precisão e concentração, sempre regulados pela inspiração e expiração corretas.

 

 

 

Share this:

, , , , , , ,

Sem Comentarios

Follow

Get every new post delivered to your Inbox

Join other followers