Tags cromatóforo

Sépias

A Sépia é um animal tímido, que têm uma vida tanto diurna quanto noturna, alimentando-se de pequenos seres, como camarões, peixes e outros.

A Sépia é um animal tímido, alimenta-se de pequenos seres, camarões, peixes e outros.

Sépias

As sépias, sibas ou chocos são moluscos marinhos da classe cephalopodes (do grego cabeça com pés), da ordem Sepiida, (o nome do gênero é a forma latinizada do grego, sépia = polvo).
As sépias têm uma concha interna, bolsa de tinta, oito braços e dois tentáculos. O polvo não possui concha enquanto que a sépia e a lula têm conchas internas, mais desenvolvidas na sépia e rudimentar na lula. O polvo tem 8 ou 10 tentáculos.

As Sépias, Sibas ou Chocos são moluscos marinhos da classe Cephalopodes

As Sépias, Sibas ou Chocos são moluscos marinhos da classe Cephalopodes

As Sépias têm uma concha interna, bolsa de tinta, oito braços e dois tentáculos.

As Sépias têm uma concha interna, bolsa de tinta, oito braços e dois tentáculos.

As sépias, possuem a capacidade de se camuflar devido à presença de células chamadas cromatóforos; Os cromatóforos possuem uma capacidade de camuflagem considerada superior à de um camaleão. O talento secreto desses animais para a mudança de cor são esses cromatóforos. Essas células pigmentadas contêm cada uma, três bolsas de cor e dezenas de milhares delas cobrem a pele do polvo. Cada cromatóforo é cercado por músculos que mudam a forma de como o pigmento é mostrado, relaxado ou contraído. Outra característica notável das sépias é a capacidade de mudar sua cor para se camuflar ao ambiente, ela consegue fazer isso em poucos segundos. Os nervos causam contrações musculares que regulam o tamanho dessas células, fazendo com que os animais variem a cor da pele e criem padrões de cor que se modificam.

Elas possuem a capacidade de se camuflar devido à presença de células chamadas cromatóforos

Elas possuem a capacidade de se camuflar devido as células cromatóforas.

Células reflexivas na pele, chamadas iridóforos, acentuam ainda mais as impressionantes mudanças de cor

Células chamadas iridóforos, acentuam ainda mais suas impressionantes mudanças de cor

Células reflexivas na pele, chamadas iridóforos, acentuam ainda mais as impressionantes mudanças de cor, espelhando as cores do ambiente a sua volta. Projeções na pele, chamadas papilas, ajudam no disfarce, mudando as texturas para se misturar mais rapidamente com substâncias como o coral ou a areia.

O manto das sépias se compõe de pele grossa e músculos que protegem os órgãos vitais e equipam de propulsão a jato. Quando os músculos no manto se descontraem, a água entra por meio de uma fenda no pescoço e enche as grandes cavidades internas. Quando o manto se contrai, fecha-se a abertura e força-se a saída da água sob alta pressão por meio de uma passagem semelhante a um funil embaixo da cabeça. Por mudar a direção deste “injetor”, a sépia consegue de modo instantâneo mover-se para frente ou para trás sem se virar.

Projeções na pele, chamadas papilas, ajudam no disfarce, mudando as texturas.

Projeções na pele, chamadas papilas, ajudam no disfarce, mudando as texturas.

Os olhos da sépia são similares ao olho humano, ambos possuem pálpebras, córneas transparentes, câmaras anterior e posterior, retinas, cristalinos, células em forma de bastonetes que permitem as imagens em preto e branco e células em forma de cone registrem as impressões de cores. Os 100.000 receptores por milímetro quadrado no olho da sépia fazem com que seja possível ver até os mínimos detalhes.

A sépia é um animal tanto diurno como noturno

A sépia é um animal tanto diurno como noturno

A sépia é um animal tímido, que têm uma vida tanto diurna quanto noturna, alimentando-se de pequenos seres, como camarões, peixes entre outros.

As sépias capturam suas presas e as matam com um mecanismo com sua boca.

As sépias capturam suas presas e as matam com um mecanismo com sua boca.

Depois que capturam suas presas, elas as matam com um mecanismo na sua boca, semelhante a uma faca, com que retalham suas vítimas.

facebook mcientifica

facebook mcientifica

 

Share this:

, , , , , , ,

2 Comentarios

Follow

Get every new post delivered to your Inbox

Join other followers