Tags caminhada perfeita

Caminhada perfeita

Caminhada perfeita

Sempre com a postura correta

O que deve ser observado para a caminhada perfeita é a postura correta, que se modifica com a intensidade do exercício. Ande da forma mais natural e confortável possível. A má postura pode ser causada por níveis inadequados de flexibilidade e força muscular prejudicando a caminhada perfeita.
Uma correção  pode ajudar o caminhante a ter a maior eficiência e melhor desempenho, então aqui vão algumas dicas:

caminhada perfeita

caminhada perfeita

Cabeça:
Deve permanecer alinhada com a coluna em equilíbrio. Evite ficar olhando muito para baixo para não  tensionar a musculatura do pescoço. Mantenha o olhar alguns metros à frente e o queixo paralelo ao chão.

Ombros:
Devem ficar abaixados e levemente pata trás, mas de forma relaxada e não caídos. Ombros elevados ou tensionados por muito tempo causam dor no pescoço e podem prejudicar o movimento dos braços.

Abdomen:
Mantenha levemente contraído.

Braços:
Seu balanço deve ser natural e está relacionado à frequência da passada na caminhada perfeita. À medida que se torna mais rápida, os cotovelos se flexionam até um ângulo de 90ºraus e os braços perdem o movimento pendular. Quando os braços vão para a frente, não devem passar o centro do corpo nem ir além do esterno (osso central logo abaixo do pescoço).

Quadril:
A pélvis deve ficar em uma posição neutra para que o quadril realize uma rotação leve e natural, que aumenta com maior a frequência da passada. Numa caminhada perfeita, ele se move em rotação para frente e para trás com o mínimo de jogo lateral.

Pernas:
O comprimento da passada varia em relação ao comprimento da perna, à rigidez do tendão do joelho e à rigidez do tendão do joelho e à rotação da pélvis. No início com passos firmes, mas confortáveis. Quando aumentar a intensidade da caminhada, as pernas precisam ser impulsionadas para frente com maior rapidez para aumentar a velocidade. É preciso se concentrar em aumentar a frequência e não o tamanho da passada. Quando a perna direita vai para a frente, a esquerda ou apoio deve ficar esticada.

Inclinação para frente:
Essa inclinação tende a aumentar a partir de uma intensidade moderada (6,4 km/h ou o ritmo de 9min20/km), com o objetivo de obter maior impulso. A inclinação deve ser a partir do tornozelo, levantando todo corpo à frente e não apenas o tronco. Uma flexão prolongada e excessiva a partir do quadril provoca dor ou desconforto na região lombar.
Seguindo os modelos acima durante a caminhada estamos contribuindo para uma postura correta e principalmente prevenindo doenças vasculares, diabetes e as dores localizadas.

 

 

Share this:

, , , , , ,

Sem Comentarios

Follow

Get every new post delivered to your Inbox

Join other followers