Tags (11) 4724 8255

Termodinâmica

A palavra termodinâmica vem do grego therme que significa “calor” e dynamis que significa “potência”.
A termodinâmica é o ramo da Física que estuda as causas e os efeitos de mudanças na temperatura, pressão e volume (e de outras grandezas termodinâmicas fundamentais em casos menos gerais) em sistemas físicos em escala macroscópica. A termodinâmica estuda o movimento da energia e como a energia cria movimento. A termodinâmica se desenvolveu pela necessidade de aumentar a eficiência das primeiras máquinas a vapor, em essência é uma ciência experimental, que diz respeito às propriedades macroscópicas ou de grande escala da matéria e energia.

desenho Robert Boyle

desenho Robert Boyle

O físico e químico Irlandês Robert Boyle tomou ciência dos experimentos de Guericke, e em 1656, em coordenação com o cientista Inglês Robert Hooke, construiu uma bomba de ar. Usando esta bomba, Boyle e Hooke perceberam uma correlação entre pressão, temperatura e volume. Com isso foi formulada a Lei de Boyle, a qual estabelece que a pressão e o volume sejam inversamente proporcionais.

desenho Robert Hooke

desenho Robert Hooke

Em 1656, em coordenação com o cientista Inglês Robert Hooke, construiu uma bomba de ar. Usando esta bomba, Boyle e Hooke perceberam uma correlação entre pressão, temperatura e volume.

microscopio de Robert Hooke

microscopio de Robert Hooke

Atribui-se ao cientista Robert Hooke, a invenção do microscópio.

Embora nesta época as máquinas fossem brutas e ineficientes, elas atraíram a atenção dos principais cientistas da época. Um destes cientistas foi Sadi Carnot, o “pai da termodinâmica“, que em 1824 publicou “Reflexões sobre a Potência Motriz do Fogo”, um discurso sobre o calor, potência e eficiência de máquina. O texto trouxe as relações energéticas básicas entre a máquina de Carnot, o ciclo de Carnot e a potência motriz. Isto marcou o início da termodinâmica como ciência moderna.

desenho Sadi Carnot

desenho Sadi Carnot

Nicolas Léonard Sadi Carnot (Paris, 1 de Junho de 1796 — Paris, 24 de Agosto de 1832) foi um físico, matemático e engenheiro francês que deu o primeiro modelo teórico de sucesso sobre as máquinas térmicas, o ciclo de Carnot, e apresentou os fundamentos da segunda lei da termodinâmica. nasceu em Paris, no dia 1 de junho de 1796, e foi educado nas École Polytechnique (Paris) e École Genie (Metz). Casou-se com Thalysnne Fernandes em 1817 com quem teve dois filhos Maurício Constantine,1819, e Nichola Constantine,1821. Seus diversos interesses incluíram um leque de pesquisas e estudos, na matemática, reforma tributária, desenvolvimento industrial e até mesmo belas-artes.

Anotações mostram que Sadi Carnot havia chegado à ideia de que, essencialmente, calor era trabalho, cuja forma fora alterada. Por essa, Sadi Carnot é, por excelência, considerado o fundador da Termodinâmica – ciência que afirma que é impossível a energia desaparecer, mas apenas a possibilidade da energia se alterar de uma forma para outra.

A possibilidade de interconversão entre calor e trabalho possui restrições para as chamadas máquinas térmicas. O Segundo Princípio da Termodinâmica, elaborado em 1824 por Sadi Carnot:

Leis da Termodinâmica

As principais definições de grandezas termodinâmicas constam de suas leis:

Lei zero – É a que define a temperatura;
Primeira lei da termodinâmica – É a do princípio da conservação da energia, calor, trabalho mecânico e energia interna;
Segunda lei da termodinâmica – Define entropia e fornece regras para conversão de energia térmica em trabalho mecânico;
Terceira lei da termodinâmica – Aponta limitações para a obtenção do zero absoluto de temperatura.

Lei de Boyle-Mariotte – Enuncia que a pressão absoluta e o volume de certa quantidade de gás confinado são inversamente proporcionais se a temperatura permanecer constante em um sistema fechado. Em outras palavras, ela afirma que o produto da pressão e do volume é uma constante para uma devida massa de gás confinado enquanto a temperatura for constante. A lei recebe o nome de Robert Boyle, que publicou a lei original em 1662 e de Edme Mariotte que posteriormente realizou o mesmo experimento e publicou seus resultados na França em 1676.

desenho Mariotte

desenho Mariotte

Em um gráfico pressão x volume, sob uma temperatura constante, o produto entre pressão e volume deveria ser constante, se o gás fosse perfeito. Existe uma temperatura em que o gás real aparentemente obedece à lei de Boyle-Mariotte. Esta temperatura é chamada de temperatura de Mariotte.

 

Share this:

, , , , , ,

Sem Comentarios

Moby Dick, a baleia

Herman Melville nasceu em 01 de agosto de 1819 em Nova York, e morreu em 28 de setembro de 1891, Nova York.

Herman Melville

O livro Moby Dick é a obra prima do autor norte americano Helman Melville, uma extraordinária metáfora da condição humana. Na longa viagem do navio Pequod, a tripulação está interessada em enriquecer rapidamente, enquanto o capitão Ahab está obcecado com a captura do “monstro”.
Originalmente foi publicado em 1851 em três fascículos com o título de Moby DickA Baleia em Londres e ainda no mesmo ano em Nova York em edição integral. Moby Dick teve somente cerca de 3 mil cópias vendidas enquanto Melville estava vivo. O livro foi revolucionário para a época, com descrições rebuscadas e imaginativas das aventuras do narrador – A primeira frase de Moby Dick é uma das mais conhecidas da literatura norte-americana: Call me Ishmael – “Chamai-me Ismael”.

O livro não segue uma narrativa linear, que constantemente é interrompida por Melville. Suas reflexões pessoais e as várias maneiras de escrever:
1) O relato de viajante, puro e simples;
2) A crônica de costumes, quando ele descreve cidade de New Bedford ou Nantucket, ou apenas a vida em uma pousada;
2) O texto científico, com a sua classificação dos tipos de baleia;
3) O filosófico, quando entra na alma humana para tentar perceber o que há de estranho no homem, de incongruente ou irracional;
4) O lírico, quando a voz retorna para Ismael, o protagonista desse grande livro.

Os detalhes narrados com o realismo e propriedade por Herman Melville, nascido em 1819 e falecido em 1891 em Nova York. Marinheiro por vocação teve uma vida aventureira em navios mercantes onde escrevia suas aventuras e era capaz de transportar as sensações do leitor ao ambiente descrito, supõe-se que ele seja “Ismael” o narrador da história de Moby Dick.

O livro Moby Dick foi inspirado no naufrágio do navio Essex.

Moby Dick

O livro Moby Dick foi inspirado no naufrágio do navio Essex, comandado pelo capitão George Pollard, no dia 20 de Novembro de 1820, a cerca de 3700 km da costa do Chile, quando um cachalote atipicamente grande destrói o navio.
Thomas Nickerson de apenas 14 anos, viajava no navio Essex e escreveu um relato dramático sobre o ataque, incluindo um desenho e os três meses de sobrevivência em alto mar que se seguiram. O episódio inspirou o livro Moby Dick, publicado em 1851 por Herman Melville e também o livro No coração do Mar escrito por Nathaniel Philbrick.

O livro Moby Dick é a obra prima do autor norte americano Helman Melville, uma extraordinária metáfora da condição humana.

MobyDick

O livro Moby DickA Baleia poderia ter sido um relato de aventura ou um testemunho, visto que vários incidentes com baleias aconteceram neste período.

Originalmente foi publicado em 1851 em três fascículos com o título de Moby Dick - A Baleia em Londres e ainda no mesmo ano em Nova York em edição integral. Moby Dick teve somente cerca de 3 mil cópias vendidas enquanto Melville estava vivo.

Moby Dick

A simbologia

O livro é recheado de simbologias, como na escolha dos nomes dos personagens: Ismael (significa Deus ouvirá) é o nome do primeiro filho de Abraão com Agar, escrava de Sara, sua esposa. Deus havia feito sua aliança com Abraão e Sara que em sua velhice geraram Isaque. Porém, a Ismael foi prometido também que dele sairia “uma grande nação”. Assim como os judeus se consideram herdeiros de Abraão através de Isaque, os árabes se consideram herdeiros de Abraão através de Ismael.

O simbolismo bíblico não para por aí: quando Ismael e o selvagem Queequeg vão embarcar no navio baleeiro Pequod.

o arpoador Queequeg

A ideia é de alguém abandonado à própria sorte, tanto no relato bíblico quanto em Moby Dick. O simbolismo bíblico não para por aí: quando Ismael e o selvagem Queequeg vão embarcar no navio baleeiro Pequod, um mendigo chamado Elias profetiza que aquela viagem terminaria em desastre. Elias é considerado o maior dos profetas hebreus, tão fiel e chegado a Deus que não morre é elevado aos céus num redemoinho; Ahab, o capitão do Pequod, um dos personagens mais complexos da literatura é o nome de outro personagem bíblico: trata-se do Rei Acabe, rei de Israel, coroado no trigésimo oitavo ano do reinado de Asa, rei de Judá. O reino de Acabe durou 22 anos e ele é reconhecidamente o rei mais cruel e incrédulo que Israel já teve e um dos profetas que fizeram frente a ele foi justamente Elias.

O capitão Ahab tem a ideia fixa de encontrar-se com Moby Dick e matá-la.

Capitão Ahab

A história

Ismael, um veterano do mar que decide ingressar na pesca de baleias e viaja para uma região norte-americana especializada neste tipo de pesca, instalando-se na hospedaria “O Espiráculo“, ele conhece Queequeg e embarcam no navio Pequod, barco do capitão Ahab, que tem como único objetivo: Matar a baleia Moby Dick que lhe arrancou uma perna e é tido como um monstro pelos marinheiros que evitam confrontar-se com ele quando o avistam.

A viagem no baleeiro tem previsão de três anos de duração. O interesse da tripulação do Pequod é a obtenção de lucro a partir da pesca de baleias para extração de espermacete, produto com várias aplicações comerciais em óleos para relógios, fluidos de transmissão, lubrificantes de lentes fotográficas e instrumentos delicados usados em grandes altitudes, cosméticos, velas, aditivos em óleos de motor, glicerina, compostos antiferrugem, detergentes, fibras químicas, vitaminas e mais de 70 compostos farmacêuticos. Starbuck, Stub e Flask, são os três imediatos e Queequeg, Tasthego e Dagu, são os 3 arpoadores do Pequod que no percurso, encontra-se com outros navios baleeiros. Durante a viagem, algumas baleias são capturadas, sendo a maioria por Stub. Ismael é um marinheiro que narra com detalhes as caçadas cheias de perigos e faz parte da tripulação do barco de Starbuck, ajudante de Queequeg, seu grande amigo.

O capitão Ahab tem a ideia fixa de encontrar-se com Moby Dick e matá-la valendo-se de várias reflexões particulares para transformar o cotidiano do navio baleeiro num inferno, bem como a pesca em si e as finalidades do trabalho numa gigantesca obsessão.

Moby Dick é um cachalote macho, deformado e carregava consigo diversas marcas de confrontos anteriores em seu corpo mutilado.

Moby Dick

Moby Dick é um cachalote macho, deformado e carregava consigo diversas marcas de confrontos anteriores em seu corpo mutilado. O arpão que acertou o cachalote era sem ponta.

Vem o encontro, começa a batalha e o Pequod é destruído, Ismael é o único sobrevivente e não tem mais nenhuma intenção em voltar ao mar procurar por baleias.

Vem o encontro, começa a batalha e o Pequod é destruído pela baleia, Ismael é o único sobrevivente.

Moby Dick

Curiosidades

Moby Dick é tão importante que influenciou diversas pessoas, artistas e outras obras, em várias mídias. Um exemplo foi de influência marcante na vida de Steve Jobs, o gênio que mudou a maneira como nos relacionamos com a leitura e a música no século 21; O filme Star Trek 2A Ira de Khan, que é primordialmente Moby Dick no espaço. Khan é Ahab e o Almirante Kirk é a própria Moby Dick; O escritor inglês Joseph Conrad abordou os limites do homem em livros como Nostromo, Lord Jim e Coração das trevas; No filme, Na natureza selvagem de 2007, direção de Sean Penn, usa da mesma temática; O filme Mais forte que a vingançaJeremiah Johnson de 1972, com direção de Sydney Pollack, usa referência de Moby Dick logo na introdução quando um narrador repete basicamente as mesmas palavras do início de livro: “Seu nome era Jeremiah Johnson”; O filósofo Albert Camus escreve a obra A Peste em 1940 por influência de Moby Dick; O livro Moby Dick influenciou um conjunto de escritores que criaram o movimento do Transcendentalismo.

A obra Moby Dick de Herman Melville deu nome ao artista de música eletrônica Richard Melville Hall o “Moby” em referência ao parentesco entre o autor da obra e o músico.

 

Share this:

, , , ,

5 Comentarios

Cachalote

O cachalotes apesar de ser da família dos golfinhos é considerada pela Comissão Internacional da Baleia (CIB) como baleia. É uma espécie que está vulnerável à extinção. Vive em águas afastadas da costa e faz mergulhos profundos. Não faz migração para reprodução. No litoral brasileiro a espécie é mais encontrada nas águas das regiões Sul e Sudeste. Segundo o Centro de Mamíferos Aquáticos, não é frequente encalhes deste animal.

É o maior cetáceo com dentes e a principal característica do cachalote é a sua cabeça grande retangular, que corresponde até 40% do seu comprimento total.

Cachalote

Características principais: O cachalote é o maior cetáceo com dentes e sua principal característica é sua cabeça grande retangular, que corresponde até 40% do seu comprimento total. Sua coloração é escura e uniforme, indo do cinza ao marrom. A pele do cachalote é enrugada, principalmente na parte posterior do corpo.

Tamanho: Os cachalotes machos podem atingir os 18 metros, as fêmeas raramente ultrapassam os 12 metros.

Os cachalotes machos podem atingir os 18 metros, as fêmeas raramente ultrapassam os 12 metros.

Tamanho do cachalote

Peso: O peso médio do macho é de 45 toneladas e o peso da fêmea pode chegar a 20 toneladas.
Gestação e maturidade sexual: A gestação dos cachalotes dura cerca de 540 dias, 18 meses, nasce apenas uma cria, pesando cerca de 1 tonelada e medem cerca de 3,5 a 4 metros.

Distribuição: Desde os trópicos até às bordas dos bancos de gelo flutuante em ambos os hemisférios, apenas os machos se aventuram a atingir os extremos do norte e sul.

Os cachalotes preferem águas profundas e límpidas, já que nos seus mergulhos em busca de comida gosta de descer a grandes profundidades por longos períodos.

Longevidade: Os cachalotes podem viver até perto dos 80 anos.

Sua coloração é escura e uniforme, indo do cinza ao marrom. A pele do cachalote é enrugada, principalmente na parte posterior do corpo.

Cachalote

Etimologia

A palavra cachalote tem origem em cachola, termo coloquial usado para designar cabeça, no termo gascão (região no sudoeste da França) cachau (dentes grandes) ou ainda no termo catalão quitxalot. A sua designação em língua inglesa, sperm whale, é uma contração de spermaceti whale (baleia de espermacete). Esta baleia tem como característica o fato de possuir na cabeça uma substância cerosa de cor leitosa, o espermacete. A forma e a enorme cabeça do cachalote levaram muitos a descrevê-lo como o arquétipo de baleia.

O cachalote foi categorizado pela primeira vez por Lineu, que em 1758 reconheceu quatro espécies no gênero Physeter. Porém, não passou muito tempo até que os peritos concluíssem que constituíam uma única espécie.

Anatomia e morfologia

A pele do dorso do cachalote apresenta geralmente protuberâncias. Apesar da sua cor cinzenta, pode parecer castanho à luz solar e há registos de cachalotes albinos brancos. O cérebro do cachalote é o maior e mais pesado de entre os cérebros de todos os animais (modernos ou extintos) conhecidos, pesando em média aproximadamente 7 kg num macho adulto.

Os cachalotes têm de 17 a 29 pares de dentes e cada dente pode chegar a pesar 1 kg.

dente de cachalote

Os cachalotes têm de 17 a 29 pares de dentes com forma cônica na mandíbula inferior, cada um com 8 a 20 cm de comprimento, podendo atingir os 25 cm e os 500 gramas de peso. Cada dente pode chegar a pesar 1 kg.

O espermacete é uma substância cerosa encontrada na cabeça do cachalote.

Grafico - Espermaceti

Espermacete

O espermacete é uma substância cerosa e de cor ambar encontrada na cabeça do cachalote. Este termo deriva do latim sperma ceti (com ambas as palavras de origem grega) que significa esperma de baleia (ou mais exatamente esperma do monstro marinho). No entanto, o espermacete não é o esperma da baleia, mas foi erradamente identificado como tal pelos primeiros baleeiros. Foi muito procurado com várias aplicações comerciais em óleos para relógios, fluidos de transmissão, lubrificantes de lentes fotográficas e instrumentos delicados usados em grandes altitudes, cosméticos, velas, aditivos em óleos de motor, glicerina, compostos antiferrugem, detergentes, fibras químicas, vitaminas e mais de 70 compostos farmacêuticos.

Foi muito procurado com várias aplicações comerciais em óleos para relógios, fluidos de transmissão, lubrificantes de lentes fotográficas e instrumentos delicados usados em grandes altitudes, cosméticos, velas, aditivos em óleos de motor, glicerina.

Creme Ponds

Foi muito procurado com várias aplicações comerciais em óleos para relógios, fluidos de transmissão, lubrificantes de lentes fotográficas e instrumentos delicados usados em grandes altitudes, cosméticos, velas, aditivos em óleos de motor, glicerina, detergentes,.

Vela Cera Baleia

O espermacete é encontrado no órgão do espermacete à frente e por cima do crânio da baleia e também na parte frontal da cabeça acima da mandíbula superior. O espermacete é uma substância muito peculiar composta exclusivamente por ésteres e triglicéridos. O órgão do espermacete pode conter até 2000 litros de espermacete.

Uma das funções do órgão do espermacete é servir como órgão de mergulho ou de flutuação. No início de um mergulho, é aspirada água fria que passa pelo órgão do espermacete provocando a solidificação da cera. O aumento do peso específico gera uma força descendente (equivalente a 40 kg) permitindo que os cachalotes possam submergir sem esforço. Durante a perseguição das presas a grande profundidade (mais de 2000 metros) o oxigênio armazenado é consumido e o calor produzido derrete o espermacete, o que permitirá a ascensão mais fácil do cachalote.

Outras hipóteses sobre o espermacete: Uma delas e na qual se inspira a obra de Melville (Moby Dick) é a possibilidade do órgão de espermacete ter evoluído como um tipo de aríete usado em lutas entre machos rivais.

Esta hipótese é consistente com os afundamentos dos navios americanos Essex (1820) e Ann Alexander (1851) devido a ataques de cachalotes com peso estimado em cerca de um quinto do peso dos navios. Além de funcionar como aríete, o órgão do espermacete também funciona como amortecedor.

A outra possibilidade é a de que o órgão do espermacete é utilizado como auxiliar na ecolocalização. A forma do órgão poderá focar ou alargar o feixe de som emitido em qualquer momento, utilizando-o, inclusive, como resposta acústica a comportamentos de seleção sexual.

Respiração

Os cachalotes respiram ar à superfície da água através de um único espiráculo em forma de “S”. O espiráculo está situado no lado esquerdo da parte frontal da cabeça. Respiram 3 a 5 vezes por minuto quando em repouso, aumentando esta frequência para 6 a 7 vezes por minuto após um mergulho. O sopro consiste de um único e ruidoso jorro de água que pode elevar-se até 15 metros sobre a superfície da água, apontando para frente e para a esquerda com um ângulo de 45°C.

Alimentação

Os cachalotes alimentam-se de várias espécies, em particular lulas-gigantes, potas, polvo e vários peixes como raias, mas principalmente de lulas de tamanho médio.

Lula X Cachalote

Os cachalotes alimentam-se de várias espécies de cefalópodes, em particular lulas-gigantes, sépias, polvos e vários peixes como raias, mas principalmente de lulas de tamanho médio. Praticamente tudo o que se sabe sobre as lulas-gigantes que vivem a grande profundidade foi descoberto a partir de exemplares encontrados nos estômagos de cachalotes capturados.

Os cachalotes são comedores extraordinários, podendo comer cerca de 3% do seu peso diariamente. O consumo anual total de presas pelos cachalotes em todo o mundo está estimado em 100 milhões de toneladas – Um número muito superior ao consumo humano anual total de todos os animais marinhos.

Predadores

Grupos de orcas frequentemente atacam os grupos de cachalotes fêmea e suas crias, com intenção de capturá-las. Se o grupo de orcas for muito grande, até as fêmeas adultas podem ser mortas. Os grandes cachalotes machos não têm predadores.

População

Em estimativas muito grosseiras os cachalotes variam de 200 000 a 2 000 000 de indivíduos.

Cientistas descobriram em novembro de 2008 no deserto de Pisco-Ica ao sul do Peru, os restos de um cachalote pré-histórico, é o maior fóssil de cachalote já encontrado tem aproximadamente mais de 13 metros e seu crânio 3 metros de comprimento e 1 metro e 90 cm de largura.

Fóssil Leviathan

Fóssil de baleia cachalote gigante é encontrado no Peru

Cientistas descobriram em novembro de 2008 no deserto de Pisco-Ica ao sul do Peru, os restos de um cachalote pré-histórico, é o maior fóssil de cachalote já encontrado tem aproximadamente mais de 13 metros e seu crânio 3 metros de comprimento e 1 metro e 90 cm de largura. O crânio, mandíbula e dentes do predador gigante foram recuperados e preparados, formando o objeto de um estudo conjunto, cujos resultados foram publicados recentemente na revista “Nature e indica que a baleia pertence a um tipo desconhecido de cachalotes.

Os dentes de 36 centímetros de altura e 12 centímetros de largura em ambas as arcadas.

Dentes de cetácios

Os dentes de 36 centímetros de altura e 12 centímetros de largura em ambas as arcadas, são de um poderoso predador com dentes muito afiados matando animais menores da mesma forma que as orcas. Os restos do cachalote foram encontrados na mesma camada do oceano onde pesquisadores já haviam achado um tubarão gigante.

O crânio, mandíbula e dentes do predador gigante foram recuperados e preparados, formando o objeto de um estudo conjunto, cujos resultados foram publicados recentemente na revista “Nature”.

Fóssil Leviathan

O fóssil recebeu o nome de Leviathan Melvillei (grande monstro dos mares em Latim), em homenagem a Herman Melville, autor do clássico “Moby Dick”.

O fóssil recebeu o nome de Leviathan Melvillei (grande monstro dos mares em Latim), em homenagem a Herman Melville, autor do clássico “Moby Dick”.

Desenho Leviathan

 

Share this:

, , , , ,

2 Comentarios

Vagalume ou Lampyris noctiluca

O vagalume acende sua "lanterna biológica" para chamar a atenção de sua parceira.

Larvas de vagalumes acesas num cupinzeiro.

Vagalume ou Lampyris noctiluca

O vagalume ou Lampyris noctiluca acende sua “lanterna biológica” para chamar a atenção de sua parceira, a intensidade, a velocidade e a frequência dos flashes variam de acordo com a espécie. A emissão de luz para os vagalumes faz parte do comportamento sexual. As cores de suas lanternas oscilam do verde amarelado ao laranja, passando pelo vermelho, cor emitida por um único grupo de coleópteros que só se pode encontrar no Brasil. A intensidade do brilho, a cor emitida e duração da emissão fazem parte de um código de comunicação que permite na escuridão da noite os vagalumes de uma mesma espécie se encontrar para a reprodução.

Os vagalumes são insetos carnívoros, predadores de outros insetos.

Os vagalumes são insetos carnívoros, predadores de outros insetos.

Os vagalume ou lampyris noctiluca são insetos carnívoros, predadores de outros insetos, às vezes canibais como em algumas espécies as fêmeas atraem machos não para se reproduzir, mas para comer, portanto a emissão de luz pode auxiliar na captura do alimento.

Esse fenômeno de emissão de luz é denominado "bioluminescência".

Esse fenômeno de emissão de luz é denominado “bioluminescência”.

Bioluminescência

Esse fenômeno de emissão de luz é denominada “bioluminescência” e diversos organismos possuem essa capacidade de emitir luz. Na definição geral, temos que é “o processo em que luz é produzida por uma reação química que origina no organismo”. A bioluminescência é encontrada principalmente no fundo do oceano, mas vagalumes também possuem esta habilidade. Ambos os sexos de vagalumes fazem uso de um padrão de flash. Alguns animais utilizam bioluminescência para confundir ou assustar predadores além de controlar a cor, muitas lulas, polvos e sépias podem também produzir luz e controlar sua intensidade.

Mas como o vagalume gera a luz?
Pesquisadores nos Estados Unidos descobriram em um trabalho de dois anos que a mesma substância responsável pelo controle da pressão sanguínea que leva à ereção do pênis, o óxido nítrico (NO) é a ligação entre o impulso elétrico emitido pelos neurônios do vagalume e o disparo do flash. A reação química que faz a emissão de luz é interessantíssima. Além do fato de ser algo que chame nossa atenção, é também interessante que 90 a 96% da energia produzida é convertida em luz, e somente de 4 a 10% é convertida em calor, o inverso de uma lâmpada comum!

As luciferases são proteínas compostas por centenas de aminoácidos.

As luciferases são proteínas compostas por centenas de aminoácidos.

Uma molécula de luciferina é oxidada por oxigênio, em presença de trifosfato de adenosina, ocorrendo assim a formação de uma molécula de oxiluciferina, que é uma molécula energizada. Quando esta molécula perde sua energia, passa a emitir luz. Esse processo só ocorre na presença da luciferase, que é a enzima responsável pelo processo de oxidação. As luciferases são proteínas compostas por centenas de aminoácidos e é a sequência destes aminoácidos que determina a cor da luz emitida por cada espécie de vagalume. Este processo é chamado de “oxidação biológica” e permite que a energia química seja convertida em energia luminosa sem a produção de calor.

Vagalume macho femea

Vagalume macho femea

Os vagalumes machos ao voar emitem luz, muitas vezes de forma contínua outras vezes acendem e apagam para facilitar sua visualização, as fêmeas de algumas espécies não voam mas emitem luz para serem localizadas pelos machos, sincronizando seus sinais.  Larvas podem utilizar a luminescência para iluminar o caminho em caminhadas noturnas. Em algumas espécies, uma reunião de larvas de vagalumes podem se agrupar na presença de um predador, um sapo, por exemplo e emitirem um forte feixe luminoso, uma espécie de farol de advertência, compreendido pelo predador como um animal muito grande e talvez perigoso, evitando que a maioria destas larvas sejam mortas .

Larva

Larva do vagalume

Características
O vagalume ou lampyris noctiluca é conhecido também por pirilampo, o vagalume macho mede em torno de 10 mm de comprimento e a fêmea, entre 12 a 20mm. O macho tem duas asas e élitros. Com seu corpo frágil, cor de terra, a fêmea do vagalume não voa. Para compensar a falta de asas, desenvolveu-se algo muito especial durante a evolução do vagalume, pequenas glândulas que segregam luciferina, uma substância que em determinadas condições se torna luminescente. A luz verde é o sinal para que o macho interrompa seu balé aéreo e venha juntar-se à fêmea. Essa diferenciação tão marcada entre os sexos é rara entre os coleópteros. A espécie Lampyris noctiluca é a mais comum no Brasil sua larva luminescente é muito parecida com a fêmea adulta.

Conhecido também por pirilampo, o macho mede em torno de 10 mm de comprimento e a fêmea, entre 12 a 20mm.

Conhecido também por pirilampo, o macho mede em torno de 10 mm de comprimento e a fêmea, entre 12 a 20mm.

Habitat - áreas rurais e urbanas, jardins e matas.
Ocorrência - em todo o Brasil
Hábitos - Os lampejos equivalem ao início do namoro, são os códigos para atrair o parceiro. Mas a luminescência também pode ser usada como instrumento de defesa ou para atrair a caça.
Alimentação - lesmas e caracóis, mas é capaz de comer até criaturas muito maiores injetando-lhe antes um líquido paralisante.
Reprodução - o estágio larval dura seis meses, a maior parte passada debaixo da terra. Ao emitir luz, a fêmea do vagalume corre um risco, pois atrai seus predadores.
Predadores naturais - caranguejos, aves e rãs.
Ameaças - destruição do habitat, poluição e agrotóxicos.

Visão microscópica do vagalume

As lâminas do microscópio nos trazem belas imagens e ressaltam a importância desta ferramenta para o microbiologista no estudo da espécie ajudando a entender melhor como funciona e suas principais características em imagens detalhadamente.

bacterias luminescentes

bacterias luminescentes

vagalume no microscopio

vagalume no microscopio

 

 Os outros nomes do vagalume pelo Brasil 

Vagalume, pirilampo, caga-lume, caga-fogo, cudelume, luzecu, luze-luze, lampíride, lampírio, lampiro, lumeeira, lumeeiro, mosca-de-fogo, noctiluz, pirí-fora, salta-martim, uauá.

facebook mcientifica

facebook mcientifica

 

Share this:

, , , , ,

6 Comentarios

Quer fazer ovo sem casca?

A casca do ovo contém poros que permitem a entrada de ar

A casca do ovo contém poros que permitem a entrada de ar

Em postagens anteriores falamos sobre a formação da casca do ovo e agora vamos te ensinar a fazer uma experiência como num laboratório para fazer um ovo sem a casca. Você pode realizá-la numa sala de aula ou em casa (sempre com a supervisão de uma pessoa maior de idade ou responsável, quando se é menor de idade). Preste bastante atenção às indicações da experiência e divirta-se.

Um pouco mais sobre o ovo

A casca do ovo contém poros que permitem a entrada de ar, o que auxilia o crescimento do embrião, quando o ovo é fecundado. A clara é composta por proteínas de alto valor nutricional, importantes para nosso organismo. A gema é mais rica em nutrientes e contém muitas vitaminas, proteínas e lipídios, além de sais minerais.

Ingredientes para a experiência:

1 um recipiente de vidro ou jarra de boca larga que você possa tampar
2 ovos crus
1 frasco de vinagre branco

Como fazer:

Coloque o ovo dentro do recipiente de vidro e adicione vinagre devagar, até cobrir todo o ovo.

Coloque o ovo dentro do recipiente de vidro e adicione vinagre devagar, até cobrir todo o ovo.

Coloque o ovo dentro do recipiente de vidro, com cuidado para não partir a casca. Adicione vinagre, devagar, até cobrir todo o ovo.

 

Observe até aparecerem várias bolhas na superfície do ovo.

Observe até aparecerem várias bolhas na superfície do ovo.

Observe até aparecerem várias bolhas na superfície do ovo, são elas as responsáveis pela casca dissolver. O que acontecerá em algumas horas de observação do processo.

Repetindo o processo de troca do vinagre até perceber a ruptura da casca e ela ir desaparecendo.

Repetindo o processo de troca do vinagre até perceber a ruptura da casca e ela ir desaparecendo.

Algumas horas depois troque o vinagre do recipiente de vidro, repetindo o processo observando as bolhas até perceber a ruptura da casca até ela ir desaparecendo aos poucos, dissolvendo junto com as bolhas.

Retire o ovo com cuidado quando for retirar o vinagre, lave até retirar todo resíduo da casca.

Retire o ovo com cuidado quando for retirar o vinagre, lave até retirar todo resíduo da casca.

Retire o ovo com cuidado do recipiente de vidro, segure o ovo com os dedos quando for retirar o vinagre, lave bem o ovo até retirar todo resíduo de casca. Ele ficará bem diferente e seu contato com as mãos terá que ser muito delicado.

 

Observe o ovo sem a casca.

Observe o ovo sem a casca.

Observe o ovo sem a casca, ele estará muito diferente do início do processo, frágil e delicado. Toda sua proteção contra o meio ambiente foi destruída e você entenderá o processo científicamente no final do texto.

Coloque o ovo contra a luz e você poderá ver a gema dentro do ovo.

Coloque o ovo contra a luz e você poderá ver a gema dentro do ovo.

Coloque o ovo contra a luz e você poderá ver a gema dentro do ovo, com muito cuidado para não romper sua película protetora. É uma experiência divertida e de fácil realização.

Agora você tem um ovo sem a casca, um "ovo pelado".

Agora você tem um ovo sem a casca, um "ovo pelado".

Agora você tem um ovo sem a casca. Compare nosso ovo pelado com um ovo com casca, seu formato, textura, cor e resistência estão diferentes, isso numa observação simples, só com um simples olhar.

Quer saber o que aconteceu?

As bolhas que se formam durante a reação é do gás carbônico (CO2).

As bolhas que se formam durante a reação é do gás carbônico (CO2).

Foi uma reação química que liberou um gás (as bolhas que saíam da casca). O vinagre contém ácido acético em sua composição e esse ácido reage com o composto de carbonato de cálcio que é responsável pela formação da casca do ovo.
As bolhas que se formam durante a reação é do gás carbônico (ou dióxido de carbono) que em química, é representado por CO2. Quando toda a casca é consumida pela reação com o ácido do vinagre, o ovo mantém sua forma, porque contém uma película em volta da clara.
Depois de tirar a casca, você pode segurar o ovo mas sempre com muito cuidado para não romper a membrana que mantém a forma do ovo, porque sem a casca ele fica muito frágil.

fonte: www.bioqmed.ufrj.br/ciencia e http://izismile.com

 mcientifica

mcientifica

 

Share this:

, , , , , ,

1 Comentario

Como comprar no facebook os produtos da mcientifica

Como comprar pelo “facileme” passo a passo:

O que é facileme?

O facileme é um aplicativo feito para o facebook que cria lojas virtuais para você vender o que quiser. Tem várias categorias de planos e preços para atender as necessidades de cada pessoa ou empresa.  Ele trabalha em conjunto com toda segurança do “pagseguro” que é uma referência no mercado virtual para compras online.

Então vamos auxiliar a comprar pelo “facileme” passo a passo:

1) Entre na nossa pagina no facebook: http://www.facebook.com/mogiglass.cientifica.

1) Entre na nossa pagina no facebook: http://www.facebook.com/mogiglass.cientifica.

1) Entre na nossa pagina no facebook: http://www.facebook.com/mogiglass.cientifica.

2) Clique no ícone (carrinho azul) da facileme, do lado direito da tela. Pronto você já entrou na

nossa loja dentro do facebook.

2) Clique no ícone (carrinho azul) da facileme, do lado direito da tela. Pronto você já entrou na nossa loja dentro do facebook.

2) Clique no ícone (carrinho azul) da facileme, do lado direito da tela. Pronto você já entrou na nossa loja dentro do facebook.

3) Você escolhe o produto e clica em adicionar ao carrinho.

3) Você escolhe o produto e clica em adicionar ao carrinho.

3) Você escolhe o produto e clica em adicionar ao carrinho.

4) Agora você já está na área segura de compras do site da mcientifica. Você informa seu CEP e clica em OK.

4) Agora você já está na área segura de compras do site da mcientifica. Você informa seu CEP e clica em OK.

4) Agora você já está na área segura de compras do site da mcientifica. Você informa seu CEP e clica em OK.

5) Preencha seus dados corretamente CEP, endereço, número, complemento.

5) Preencha seus dados corretamente CEP, endereço, número, complemento.

5) Preencha seus dados corretamente CEP, endereço, número, complemento.

6) Os passos seguintes são a forma de pagamento, pagseguro, cartões de crédito, boleto, você escolhe o melhor modo de comprar.

6) Os passos seguintes são a forma de pagamento, pagseguro, cartões de crédito, boleto, você escolhe o melhor modo de comprar.

6) Os passos seguintes são a forma de pagamento, pagseguro, cartões de crédito, boleto, você escolhe o melhor modo de comprar.

7) E com o frete grátis.

7) E com o frete grátis.

7) E com o frete grátis.

8 ) Pronto você acabou de fazer uma ótima compra e agora diretamente do facebook.

8) Pronto você acabou de fazer uma ótima compra e agora diretamente do facebook.

8 ) Pronto você acabou de fazer uma ótima compra e agora diretamente do facebook.

É muito fácil, tranquilo e seguro você vai se acostumar com esta nova ferramenta!

mcientifica

mcientifica

Conversar, Curtir e agora Comprar dentro do facebook.

Share this:

, , , , ,

Sem Comentarios

Kinesio Taping – bandagem 3B Scientific Tape

Criada pelo Dr. Kenzo Kase, o método Kinesio Taping (wikipédia), surgiu como um grande aliado nos tratamentos de lesões musculares, de tendões e de ligamentos. Além disso, é capaz de proporcionar diminuição do quadro que provoca a dor, reduz edemas locais e corrige alterações posicionais.

AA bandagem já se tornou inseparável de atletas de vôlei, de atletismo e principalmente de futebol como um método indicado para prevenir e amenizar lesões musculares e articulares.

A bandagem já se tornou inseparável de atletas de futebol

Através de estímulo à pele, a bandagem 3B Scientific Tape é capaz de proporcionar um melhor controle sobre as contrações musculares, o que possibilita ao paciente e/ou atleta a condição de realização de suas funções e o retorno às suas atividades em um tempo menor.

Encontramos no mercado, diversos tipos de fitas ou bandagens, mas as bandagens 3B Scientific Tape são certificadas pela ANVISA.

Bandagens elásticas 3B Tape R$38,00 no site da mcientifica

Encontramos no mercado, diversos tipos de fitas ou bandagens, mas as bandagens 3B Scientific Tape são certificadas pela ANVISA. As cores não interferem no resultado do tratamento, porém acredita-se que exista um efeito terapêutico na sua utilização.
As bandagens 3B Scientific Tape são hipoalergênicas e possuem elasticidade semelhante à da pele, o que gera um conforto ao paciente, são ativadas pelo calor, resistentes à água e ao suor, permitem rápida evaporação e secagem, podem ser utilizadas 24h por dia e durante 5 dias consecutivos.

3BTape

Bandagem 3B Tape o melhor preço com certificado da ANVISA

O melhor preço da bandagem elástica você encontra no site da mcientifica – R$45,00 a bandagem de 5m por 5cm.

Para os profissionais que desejam aprender o método de aplicação das bandagens 3B Scientific Tape, é essencial buscar o aprendizado da técnica em cursos especializados e também, se possível, ler muito sobre o assunto em livros específicos, como os manuais: Clinical Therapeutic Applications of The Kinesio Taping® Method, Taping Perfect Manual, Lymphedema and Chronic Swelling BK, Kinesio Taping in Pediatrics.

As bandagens 3B Scientific Tape são hipoalergênicas e possuem elasticidade semelhante à da pele

As bandagens 3B Scientific Tape são hipoalergênicas e possuem elasticidade semelhante à da pele

Para os pacientes, o mais importante, é escolher um bom profissional que possua o conhecimento do método de aplicação das bandagens 3B Scientific Tape, pois isso fará a diferença no resultado do tratamento. A técnica quando bem aplicada proporcionará uma recuperação rápida e segura.

 

Share this:

, , , , , , ,

1 Comentario

Reduzir o foco da dor – Bandagem Kinesio Tape

Um estudante e um professor doutor da Youngstown State University de programa de fisioterapia se uniram para estudar um tratamento pouco conhecido que poderia ajudar milhões de pessoas que sofrem de dor lombar crônica, dor articular e dores musculares para reduzir o foco da dor – Bandagem Kinesio Tape. O estudante Daniel Yanek e o professor assistente Weiqing Ge, irão apresentar as conclusões deste estudo sobre as bandagens elásticas na reunião anual da American Physical Therapy Association, em Tampa, na Flórida, em junho de 2012.

Reduzir o foco da dor - Bandagem Kinesio Tape

O estudante Daniel Yanek e o Professor Weiqing Ge da Youngstown State University

A pesquisa faz parte do projeto sênior Yanek, que analisa a eficácia do alívio da dor com o método conhecido como “Kinesio Taping”, introduzido há 33 anos pelo quiroprático japonês Dr. Kenso Kase. A técnica envolve a colocação especial de uma fita de textura elástica sobre uma área do corpo para apoiar e estabilizar os músculos e articulações. O resultado pode ser a redução da dor, um melhor desempenho físico o aumento da circulação e a cura.

Reduzir o foco da dor – Bandagem Kinesio Tape

O método das bandagens elásticas ganhou atenção mundial quando a atleta de vôlei de praia Kerri Walsh, que sofreu uma cirurgia no ombro em 2007, utilizando as bandagens para dar a estabilidade articular e redução da dor no Jogos Olímpicos Pequim 2008.

Reduzir o foco da dor - Bandagem Kinesio Tape

Kerri Walsh – reduzir o foco da dor – Bandagem Kinesio Tape

Weiqing Ge, um médico Chinês graduado do principal instituto de pesquisas da Academia Chinesa de Ciências Médicas, reconheceu que, por enquanto há uma falta de pesquisas científicas sólidas para apoiar as reivindicações do método Kinesio Taping, mas os resultados são impressionantes. “O estudo não está a tentar responder por que ou como ele funciona… Estamos observando para ver se funciona e se a forma de aplicar a fita faz a diferença”, disse ele.

Duas técnicas de bandagem foram utilizadas neste estudo – facilitadoras e inibidoras. O método das bandagens facilitadoras dá apoio e assistência que imita o movimento normal, mantendo a amplitude de movimento, enquanto a técnica de inibição diminui a inflamação e limita a contração muscular hiperativa.

O estudo foi composto por um participante de 43 anos de idade com uma história de dor lombar crônica, um especialista em bandagem Kinesio com certificação para aplicação da bandagem. “A aplicação é bem simples, mas a técnica e a experiência em aplicação são fundamentais” disse Daniel Yanek. “Tudo depende de como você direcionar a força da fita. Vários níveis de estiramento podem ser aplicados à bandagem com técnicas diferentes.”

Participante com uma histórico de dor lombar crônica.

A bandagem foi primeiro aplicada na parte inferior das costas, utilizando as técnicas facilitadoras. A bandagem permaneceu sobre o local de cinco a sete dias e medidas foram tomadas para avaliar a melhoria de sintomas. A técnica de inibição foi testada usando o mesmo procedimento.

Os resultados indicam que ambas as técnicas melhoraram em nível global a participação da função e diminuiu o nível de deficiência. A pesquisa sugere ainda a técnica de inibição parece ser mais eficaz.

Daniel Yanek espera que o estudo atrairá a atenção de pesquisadores e clínicos na conferência nacional em junho, levando a uma maior aceitação da técnica da aplicação das bandagens. “O estudo provou que esta é uma forma não-invasiva para tratar a dor lombar… Eu não estou dizendo que este é o fim da dor lombar, mas pode ajudar”, disse ele.

Daniel Yanek, que se forma em maio, planeja certificar-se em Kinesio Taping e buscar a educação continuada em Terapia Manual. “Eu quero ficar nesta área e trabalho em uma clínica de terapia ambulatorial física”, disse ele. “Eu também quero continuar a trabalhar com a YSU para me tornar um instrutor clínico para os alunos dentro do programa de fisioterapia.” (Robert Merz – Youngtown State University)

 

Share this:

, , , , , , , , , ,

1 Comentario

Follow

Get every new post delivered to your Inbox

Join other followers