Arquivos para a categoria Saúde

Placa de Petri

Os cientistas ficavam frustrados ao estudar culturas de células antes de 1877, os recipientes usados eram tigelas ou garrafas, mas era difícil de trabalhar e ficavam contaminados, quando Richard Petri criou o instrumento que hoje leva seu nome:

A Placa de Petri.

Placa de Petri é um recipiente cilíndrico, achatado, de vidro, metal ou plástico que biólogos utilizam para a cultura de micróbios.

desenho de Julius Richard Petri

Julius Richard Petri nasceu em Barmen no dia 31 de maio de 1853 e morreu em Zeitz no dia 20 de dezembro de 1921, foi um importante bacteriologista alemão. Petri estudou medicina na Kaiser-Wilhelm-Academia para Médicos Militares de 1871 a 1875 e recebeu o diploma de medicina em 1876. Continuou os estudos no Hospital Charité em Berlim e serviu como médico militar até 1882.

Entre 1877 e 1879, foi designado para o Kaiserliches Gesundheitsamt (Gabinete Imperial de Saúde) em Berlim, onde se tornou assistente de Robert Koch médico, patologista e bacteriologista. Petri criou um recipiente redondo com tampa e de pequeno porte ( Placa de Petri), que fez o processo científico tornar-se fácil de executar, permitindo que as células amadurecessem rapidamente com o auxílio de uma mistura de crescimento, transformando-se em modelos mais simples para análise e desenvolveu a técnica de cultura em ágar para purificar e clonar colônias de bactérias derivadas de uma única célula. Com este avanço, foi possível identificar com rigor bactérias responsáveis por certas doenças.

Placa de Petri é um recipiente cilíndrico, achatado, de vidro, metal ou plástico que biólogos utilizam para a cultura de micróbios.

Kit Clássico da Placa de Petri

Hoje a descrição de uma Placa de Petri ou caixa de Petri é um recipiente cilíndrico, achatado, de vidro, metal ou plástico que biólogos utilizam para a cultura de micróbios. O nome foi dado a este instrumento de laboratório em honra Julius Richard Petri. Normalmente para ser usada em microbiologia a Placa de Petri é parcialmente cheia com um caldo líquido de ágar onde estão misturados alguns nutrientes, sais e aminoácidos, de acordo com as necessidades específicas do metabolismo do micróbio a estudar. Depois que o ágar se solidificar é colocado uma amostra contaminada pelo micróbio (alguns micróbios têm de ser colocados enquanto o ágar se encontra quente).

Placa de Petri é um recipiente cilíndrico, achatado, de vidro, metal ou plástico que biólogos utilizam para a cultura de micróbios.

Placa de Petri empilhada

Placa de Petri é um recipiente cilíndrico, achatado, de vidro, metal ou plástico que biólogos utilizam para a cultura de micróbios.

Placa de Petri – bactéria

As Placas de Petri modernas podem vir dotadas de anéis que seguram a tampa à base, quando empilhadas, para evitar deslizamentos.

 

Placa de Petri é um recipiente cilíndrico, achatado, de vidro, metal ou plástico que biólogos utilizam para a cultura de micróbios.

Placa de Petri – germinação

Além deste uso (placa de ágar), a Placa de Petri é utilizada para observar a germinação das plantas e de grãos de pólen ou para observar o comportamento de pequenos animais, entre outros.

 

Share this:

Sem Comentarios

Intoxicação por água?

É possível?

A intoxicação por água ocorre quando se toma muita água em um curto espaço de tempo.

intoxicação por água

A intoxicação por água é um desequilíbrio que ocorre no organismo quando se ingere uma grande quantidade de água num curto período de tempo, sobrecarregando os rins que não funcionam corretamente. Causando um problema chamado hiponatremia que desconcentra os íons de sódio no organismo e pode levar o indivíduo à morte.

intoxicação por água

intoxicação por água

A água é um componente vital para a saúde do corpo humano. Sem ela, não é possível sobreviver, já que o corpo se desidrata, o volume de sangue fica menor do que o normal e todas as funções vitais passam a não funcionar da forma correta. Recomenda-se que sejam ingeridos de dois a três litros de água diariamente. Mas será que esse líquido tão necessário para uma vida saudável pode nos fazer tão mal?

A intoxicação por água ocorre quando se toma muita água em um curto espaço de tempo.

intoxicação por água

No início a intoxicação por água pode ser tratada com soro associado a eletrólitos, mas se não tratada é fatal, pois o sódio faz a circulação dos líquidos na parte externa das células regulando a pressão arterial, auxiliando no bom funcionamento dos músculos, entre outros benefícios.

A intoxicação por água ocorre quando se toma muita água em um curto espaço de tempo.

intoxicação por água

A grande quantidade de água no organismo faz com que as células tentem absorver maior proporção de água do que conseguem fazendo com que inchem bastante podendo explodir com a pressão da água, como ocorre com as células do cérebro. Não há uma quantidade exata de líquidos a ingerir, pois esta varia de acordo com as condições de cada organismo.

A hiponatremia é a baixa concentração de sódio no organismo causado pela intoxicação por água, o indivíduo ingere grandes quantidades do liquido que o sódio e outros eletrólitos ficam diluídos a ponto de comprometer as funções dos orgãos, podendo acontecer uma alteração na pressão arterial e contração muscular. A letargia e a confusão mental estão entre os sintomas iniciais da hiponatremia as fortes dores de cabeça e a confusão mental. À medida que ela se torna mais grave, os músculos apresentam contrações e o indivíduo tem convulsões. Nos estágios mais avançados ocorre o estupor (estado de inconsciência e dificuldade de exibir reações motoras), o coma, edema cerebral e até a morte podem vir bem rapidamente em razão do inchaço do cérebro. Quanto menor for a taxa de sódio e mais abrupta for a sua queda, maiores serão os riscos.

A intoxicação por água ocorre quando se toma muita água em um curto espaço de tempo.

intoxicação por água

Algumas mortes que ocorrem nas maratonas são causadas pela hiponatremia obrigaram especialistas no assunto a reverem as tradicionais e exageradas recomendações sobre hidratação em esportes de longa duração.

Embora varie de indivíduo para indivíduo, seja maior em atletas e menor em mulheres e idosos, a quantidade média de água presente no organismo humano saudável é de 70%. Mesmo sendo o componente que aparece em maior expressão, o corpo humano não possui reservas estratégicas de água, razão pela qual precisa ser completada à medida que vai sendo consumida. Se tal reposição não ocorre o corpo entra em processo de desidratação e causa a hipernatremia. Geralmente a concentração de sódio sobe além dos limites quando há uma perda de água maior que a de sódio, o que, entre outras razões, ocorre quando o indivíduo transpira muito e ingere um volume demasiadamente pequeno de água, levando à desidratação.

A intoxicação por água ocorre quando se toma muita água em um curto espaço de tempo.

intoxicação por água

Um adulto pode processar 15 litros do líquido em um único dia. A intoxicação por água ocorre quando se toma muita água em um curto espaço de tempo.

 

Share this:

, ,

Sem Comentarios

Autoclave

Charles Chamberland (Chilly-le-Vignoble, 12 de março de 1851 – Paris, 2 de maio de 1908) foi um químico associado a Louis Pasteur, inventor dos primeiros filtros de porcelana e da autoclave, foi coautor das primeiras vacinas contra o antraz e a raiva.

Charles Chamberland

Charles Chamberland

Biografia

Nascido em Jura leste da França as margem norte do rio Rhone, perto da fronteira da França e da Suíça (cordilheira francesa). Chamberland era bastante ligado à sua terra natal, sua amabilidade era aliada a uma grande inventividade e independência. Um amante da caça, que praticava quando reencontrava os amigos da cidade natal.

Além dos filtros de porcelana que permitiam a filtragem dos microrganismos e da autoclave que equipa todos os laboratórios e hospitais também criou as caixas de madeira industriais, para o transporte de vacinas.

projeto da autoclave de Chamberland

projeto da autoclave de Chamberland

Chamberland foi um pesquisador dedicado e foi nomeado vice-diretor do laboratório de Pasteur. Em 1879, apresenta sua tese em física com o trabalho intitulado “Investigação sobre a origem e o desenvolvimento de organismos microscópicos.” Continuou a se aprofundar sobre o assunto o que lhe deu legitimidade para concluir suas experiências sobre os meios de cultura esterilizados. Foi com estes trabalhos e esforços concretos sobre a fabricação de um aparelho de esterilização, a autoclave que Chamberland utilizou o princípio da esterilização de vapor saturado que é o procedimento que oferece maior segurança e também é considerado o mais econômico.

Chamberland

Chamberland

Em 1885 elegeu-se vereador e em 1887 foi novamente vereador e depois prefeito de Chilly-le-Vignoble. Entre 1888 e 1904, foi nomeado chefe de departamento no Instituto Pasteur e foi responsável pelo Departamento de Microbiologia aplicada à Higiene como Mecanismo de Desenvolvimento de Vacinas. Durante este período, Chamberland instalou uma fábrica de embalagens para exportação das vacinas, pois a demanda mundial estava crescendo muito.

Entre as distinções que recebeu foi membro da Academia Francesa de Medicina.
Chamberland morreu em Paris em 2 de maio de 1908, grande cientista, trabalhou duro na área de microbiologia levando à excelência em desinfecção e esterilização .

O que é uma autoclave?

Autoclave

desenho de uma autoclave

Autoclave é um aparelho utilizado para esterilizar artigos através do calor, sob pressão. A esterilização em vapor saturado é o procedimento que oferece maior segurança e também é considerado o mais econômico.  Neste tipo de esterilização os microrganismos são destruídos pela ação combinada da temperatura, pressão e umidade que promovem a termo coagulação e a desnaturação das proteínas da estrutura celular. Esterilização é um conceito absoluto, ou seja: ou um material está esterilizado ou não está. Portanto não se pode afirmar que uma autoclave esteriliza “melhor” do que outra. O que pode diferenciar é o tipo do uso pretendido, a escolha do equipamento deve ser baseada nesse requisito.

Autoclavagem

A autoclavagem é um tratamento térmico bastante utilizado no ambiente hospitalar e que consiste em manter o material contaminado a uma temperatura elevada, através do contato com vapor de água, durante um período de tempo suficiente para destruir todos os agentes patogênicos.
O processo inclui ciclos de compressão e de descompressão de forma a facilitar o contato entre o vapor e os materiais contaminados. Os valores usuais de pressão são da ordem de 3 a 3,5 bar e a temperatura atinge 135°C. Tendo a vantagem de ser relativamente simples e poder ser utilizada para esterilizar diversos tipos de materiais hospitalares. A monitorização mais confiável é a biológica que é feita com microrganismos tecnicamente preparados para demonstrar a esterilização. São preparações padronizadas de esporos de Bacillus stearothermophilis numa concentração de 106, comprovadamente resistentes e específicos para o processo de esterilização por vapor saturado. A ANVISA recomenda o uso semanal dos indicadores biológicos.

Importante salientar que para o correto funcionamento do equipamento é necessária a correta manutenção preventiva.

A esterilização deve ir além de um processo exigido pelos Órgãos Sanitários, é uma questão de saúde e responsabilidade de quem trata desse processo. Pois uma esterilização eficaz pode salvar vidas.

 

Share this:

,

Sem Comentarios

Beleza, saúde e higiene

Sua saúde em risco! Beleza, saúde e higiene dependem de sua atenção com a qualidade do atendimento em seu salão de beleza e a higiene de seus procedimentos evitam sérios problemas.

Ferramentas Manicure

Ferramentas Manicure

 

Beleza, saúde e higiene

A esterilização dos instrumentos de manicure deve ser feita por autoclave ou estufa e a perfeita qualificação dos profissionais são itens indispensáveis para sua segurança. Os produtos utilizados nos procedimentos também podem representar problemas se estiverem fora do prazo de validade ou não apresentarem rotulação adequada. Siga as dicas abaixo e fique tranquila:

  1. O estabelecimento deve ter os equipamentos necessários à esterilização de instrumentais (estufa ou autoclave)
  2. Escovas, pentes e instrumentos devem sempre ser limpos
  3. O profissional deve lavar as mãos antes e após cada procedimento
  4. As toalhas devem ser trocadas a cada procedimento

Limpeza

Processo de remoção da sujeira. Para a limpeza dos materiais é preciso fazer a lavagem com uma escova, água e sabão. Assim será possível remover os agentes contaminadores. Este método é usado somente para bacias, toalhas e outros materiais que só entram em contato com a pele íntegra.

Desinfetar

Ainda mais eficaz do que a limpeza simples, garante eliminar as bactérias mais frágeis. A desinfecção pode ser realizada por meios químicos, com o álcool concentrado em 70%, o cloro ou por meios físicos, com água fervente. Os materiais não sensíveis ao calor, manter mergulhados no mínimo 30 minutos.

Esterilização

Permitem a completa destruição e remoção das bactérias e vírus, inclusive os mais resistentes. Já os materiais cortantes ou os que entram em contato com a pele, como alicates de unha e cutícula, bastões e espátulas de metal e tesouras, não podem deixar de passar por uma esterilização por calor úmido (autoclaves) ou calor seco (estufas).

Manicure e Pedicure

Pedicure

Pedicure

Fique de olho na limpeza e higiene dos instrumentos, como o alicate e afastador de cutícula. Depois de lavados, eles devem ficar por uma hora na estufa a 170°C para que sejam esterilizados. Pode-se, também, utilizar as autoclaves que são equipamentos de esterilização a vapor.

Depilação

Certifique-se de que a cera para a depilação não é reaproveitada. As ceras frias e do tipo “roll-on”, não devem ser aplicadas diretamente na pele do usuário, mas sim no papel apropriado, diferente do que acontece com a cera quente derretida em potes metálicos e aplicada com espátula. O cliente deve observar se a cera é realmente descartada após o uso e pedir para visitar o local onde ela é manipulada.

Escova progressiva

O produto utilizado na escova progressiva pode representar um risco à saúde quando tem em sua composição o formol em concentrações acima de 0,02%.Verifique se o produto possui autorização da ANVISA para essa finalidade. O formol é cancerígeno, quando utilizado em concentrações acima do permitido, pode provocar irritação na pele, mucosas e olhos para o cliente e o profissional.

Massagens e tratamentos de pele

Para esses procedimentos é importante:

  1. Sala limpa e com pia para lavar as mãos;
  2. Uso de toalhas limpas e trocadas a cada cliente;
  3. Uso de lençol descartável;
  4. Uso de produtos (óleos, cremes etc.) com rotulagem adequada;
  5. Profissional qualificado com certificado de conclusão de curso na habilidade do procedimento oferecido.

Autoclave

Autoclave

Autoclave

 A autoclave é o equipamento principal do processo de esterilização por contar com uma combinação de calor e pressão para a limpeza dos materiais, tanto de tatuagem quanto os usados para a colocação de piercings. A autoclave alcança temperatura superior a 270°C e 18 PSI de pressão o que é suficiente para eliminar bactérias e vírus que possam ter vindo do sangue de algum cliente. Normalmente os materiais precisar de apenas uma hora na autoclave para ficarem livres de riscos biológicos. Vale lembrar que mesmo a autoclave pode sofrer infecções e que para evitar este desconforto ela deve passar por teses de contaminação semanalmente.

 

Share this:

, , ,

Sem Comentarios

Follow

Get every new post delivered to your Inbox

Join other followers